Mutum recebe programa "A Mata atlântica é aqui"


O Secretário Municipal do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Genilson Tadeu (PV) deu mais um importante passo na implantação de seu projeto de educação ambiental, trazendo em parceria com a Prefeitura através da SEMADES (Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável) e apoio da Secretaria Municipal de Educação o  projeto “A Mata Atlântica é Aqui – Exposição Itinerante do Cidadão Atuante”, que contemplou Mutum, no período de 1º a 10 de agosto, com uma das ambiciosas iniciativas da Fundação SOS Mata Atlântica, que assim incluiu nosso município entre os 19 beneficiados durante 6º ciclo de realização do evento, desde sua implantação no ano de 2009.

Com o objetivo de estimular a conscientização ambiental da população, através do desenvolvimento de atividades educativas e ao mesmo tempo lúdicas - principalmente para os estudantes a partir da idade de 5 anos, cuja participação teve orientação dos monitores do projeto e  se deu em visitas programadas pelas escolas, mas também foi aberto e gratuito para a população em geral -  o projeto consiste em um caminhão adaptado que percorre diversas cidades brasileiras ao longo do ano. Nele os mutuenses puderam participar de palestras, oficinas, jogos educativos, exposições, apresentações artísticas e exibições de vídeos, entre outras atividades. O caminhão, que ficou instalado na Praça Raul Soares, conta também com uma estrutura adequada para receber pessoas com deficiência.



Coleta de amostra da água do Rio Mutum
Além disso, como em toda cidade que o projeto visita, a Fundação SOS Mata Atlântica está realizando a análise da qualidade da água local, no Rio Mutum, cujo processo de monitoramento utiliza 14 parâmetros físico-químico e envolve itens como a transparência da água, lixo e odor e classifica a qualidade como péssimo, ruim, regular, bom e ótimo. O resultado será levado ao conhecimento público tão logo seja liberado pela Fundação, que também o divulgará em seu blog: www.sosma.org.br/blog.


Plantio de uma árvore no centro da cidade
Ao ser contemplado o programa, o município de Mutum propiciou aos inúmeros participantes o contato com uma realidade apenas aparentemente distante do cotidiano local, que, entretanto, nos coloca indistintamente sob as consequências da devastação por que passa o bioma do qual tanto depende a qualidade de vida dos habitantes da região. Mais do que isso, sua variada programação e os cuidados dos monitores encontraram nos educadores municipais e estaduais os melhores aliados para que o esforço conjunto das secretarias do Meio Ambiente e da Educação, de tão exitoso, tenha a importância de um ciclo de estudos que beneficiará imensamente, além de outros, 1.354 estudantes que totalizaram as 40 turmas previamente inscritas por 16 unidades escolares da cidade e dos distritos, sendo 9 da rede municipal e 14 da rede estadual, mais APAE, PETI e Jovens de Atitude.

Representantes do CBH Manhuaçu

O evento contou com a relevante participação do CBH Manhuaçu - Comitê da Bacia Hidrográfica das Águas do Rio Manhuaçu (www.cbhmanhuacu.org.br) que montou um estande e destacou o Plano Municipal de Saneamento Básico. Participou também das atividades o Grupo Gênesis e a Polícia Militar de Meio Ambiente e Trânsito com o projeto de educação para o trânsito “Transitolância”. 

11/08/14

DESTAQUES - Confira as notícias em destaque no site do PV Mutum

Comitiva verde é recebida pelo Deputado Cássio Soares em BH

60 mil reais foram garantidos para a saúde e novos projetos foram iniciados. O Deputado Estadual Cássio Soares (PSD), apoiado pelo PV de ...