SEMASA cria Fundo Municipal de Saneamento Básico

A Câmara Municipal de Mutum aprovou, em sua 8.ª reunião extraordinária na manhã do dia 29 de novembro de 2019, a instituição do Fundo Municipal de Saneamento Básico (FMSB), proposto pela Prefeitura, através da Secretaria de Meio Ambiente e Saneamento (SEMASA). 

O Fundo Municipal de Saneamento Básico (FMSB), instituído pela Lei n.º 1.036/2019, é mais um importante instrumento para a consolidação do Sistema Municipal de Meio Ambiente e das políticas públicas voltadas para o meio ambiente, visando um desenvolvimento sustentável e, de modo especial, a promoção da saúde pública e bem estar da população de Mutum.

O secretário municipal de meio ambiente e saneamento, Genilson Tadeu Silva (PV), comemora a nova conquista e ressalta o objetivo central do Fundo. "A finalidade do Fundo é captar e gerenciar melhor recursos destinados exclusivamente para custear projetos, programas, pesquisas e ações de saneamento básico, tanto na área urbana quanto na área rural, atendendo o disposto no Plano Municipal de Saneamento Básico, criado em 2016, que é Lei Municipal.", que destacou, também, o empenho de toda a equipe da SEMASA nessa relevane demanda.
.

 
O Saneamento Básico envolve medidas que permitem preservar ou modificar as condições do meio ambiente tendo como objetivo a melhoria a qualidade de vida da população, alinhando produtividade e sustentabilidade. Essas medidas consideram quatro aspectos principais: - o abastecimento de água potável; - o esgotamento sanitário;  - a limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos; - a drenagem e manejo das águas de chuva.
.
Uma das possibilidades através do Fundo é o recebimento do repasse tarifário de até 4% da receita líquida municipal oriunda da arrecadação da COPASA, que é concessionária dos serviços de saneamento básico no município, viabilizando assim a otimização de planos e ações nessa área.  
.
A coordenação administrativa do FMSB é responsabilidade da SEMASA e as aplicações dos recursos são amplamente discutidas, aprovadas e fiscalizadas pelo Conselho Municipal de Meio Ambiente e Saneamento Básico (COMASB) que é composto por representantes da sociedade civil e do Poder Público Municipal, além dos demais órgãos competentes como a Câmara Municipal, o Tribunal de Contas, o Ministério Público e outros
Itamar Arruda, Genilson Tadeu, Karone Marllus, Olívio Araújo,
Juarez Levindo, Sandra Guter e Washington Torres

Além do apoio do Executivo Municipal, especialmente do Prefeito João Batista Marçal e do Assessor Jurídico Dr. André Lamarca, os debates e a aprovação na Câmara contaram com o empenho especial dos Vereadores do Partido Verde, Washington e Juarez Levindo e, também, do Assessor Jurídico da Câmara Dr.Itamar Rosa de Arruda.

Confira o áudio da reunião da Câmara  acessando www.camaramutum.mg.gov.br

Fotos e Imagens: Câmara Municipal / Léo Gomes / SEMASA.
02 / 12 / 2019

DESTAQUES - Confira as notícias em destaque no site do PV Mutum

Comitiva verde é recebida pelo Deputado Cássio Soares em BH

60 mil reais foram garantidos para a saúde e novos projetos foram iniciados. O Deputado Estadual Cássio Soares (PSD), apoiado pelo PV de ...